Skip to main content

Datas Importantes

  • ENVIO DO RESUMO: 15 de Janeiro, 2024
  • APROVAÇÃO DO RESUMO: 29 de Fevereiro, 2024
  • INSCRIÇÃO ANTECIPADA: 15 de Fevereiro, 2024
  • SUBMISSÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO : 04 de Maio, 2024. * Todos os apresentadores (oral e pôster) deverão fornecer um resumo estendido (Clique aqui para baixar o arquivo modelo) a ser submetido até 04 de maio de 2024.
  • DATAS DA CONFERÊNCIA: 05 à 07 de Junho, 2024
  • DATAS DOS TREINAMENTOS: 
    • Treinamento em Modelagem Numérica – Sistema Smoke (The Sparse Matrix Operator Kernel Emissions (SMOKE) Modeling System) – 01 à 02 de Junho, 2024 – Reserve a Sua Vaga
    • Treinamento em Modelagem Numérica  Sistema CMAQ (The Community Air Quality Modeling System (CMAQ)) – 03 de Junho, 2024 –  Reserve a Sua Vaga 
    • Treinamento em Modelagem Numérica Sistema CFD – (Computational Fluid Dynamics (CFD) for Industrial Ventilation) – 04  de Junho, 2024 – Reserve a sua Vaga 
    • Treinamento em Modelagem Numérica Sistema MUNICH The Model of Urban Network of Intersecting Canyons and Highways (MUNICH) – 08 de Junho, 2024 – Reserve a Sua Vaga
    • Treinamento em Modelagem Numérica Sistema SinG – (Street-in-Grid model (SinG)) – 08 de Junho, 2024 – Reserve a Sua Vaga 

ENVIE O SEU RESUMO DE ARTIGO CIENTÍFICO

ENVIAR RESUMODOWNLOAD MODELO

CADASTRO

DOWNLOAD MODELO

SESSÕES DA CONFERÊNCIA

Os trabalhos submetidos devem estar vinculados a uma das seguintes seções:

Sessão 01 - Qualidade do Ar, Clima e Energia

O sistema energético é atualmente responsável pela maioria das emissões dos EUA de poluentes atmosféricos critérios, gases de efeito estufa e poluentes de curta duração que forçam o clima. Compreender como o sistema energético pode evoluir no futuro e as implicações resultantes no ambiente é fundamental para que os decisores ambientais possam enfrentar estes desafios de forma proactiva e eficiente. O objetivo desta sessão é destacar os esforços de pesquisa envolvidos na exploração das ligações entre qualidade do ar, clima e energia, com foco no apoio à tomada de decisões nos níveis federal, estadual ou local. Entre os tópicos apropriados para inclusão estão:

  • Abordagens de cenários para examinar o futuro do sistema energético, incluindo a exploração de ligações entre o crescimento populacional, o crescimento económico, as alterações no uso do solo, as alterações climáticas, as alterações tecnológicas (incluindo tecnologias limpas), as políticas e a energia
  • Impacto do futuro sistema energético nas métricas de sustentabilidade e vulnerabilidade
  • Traduzindo a modelagem do sistema energético em impactos climáticos e na qualidade do ar
  • Identificar interações entre estratégias de mitigação climática e gestão da qualidade do ar, incluindo quantificação de co-benefícios e estratégias de gestão holísticas que atendam simultaneamente a ambos os objetivos
  • Modelos, ferramentas e metodologias para avaliar as ligações entre ar, clima e energia
  • Scenario approaches for examining energy system futures, including exploring linkages between population growth, economic growth, land use change, climate change, technology change (in including cleantech), policy and energy
  • Impact of the future energy system on sustainability and vulnerability metrics
  • Translating energy system modeling into climate and air quality impacts
  • Identifying interactions between strategies for climate mitigation and air quality management, including quantification of co-benefits and holistic management strategies that simultaneously meet both goals
  • Models, tools and methodologies for assessing air, climate and energy linkages

Sessão 02 - Controle da Poluição do Ar

O Controle da Poluição do Ar é uma área importante para a questão da poluição do ar, visando reduzir ou eliminar a emissão na atmosfera de substâncias que podem afetar a qualidade do ar. O desempenho das técnicas utilizadas para controlar as emissões deve ser eficaz para atingir as limitações legais impostas pelo governo do país ou estado para a proteção do meio ambiente e da saúde pública. Portanto, com o aumento das restrições de emissão, a Pesquisa para melhorias de eficiência destas técnicas é um assunto muito importante. Também é crucial desenvolver tecnologias com baixos custos de capital e operacionais. Esta sessão é dedicada aos estudos dedicados às técnicas inovadoras de Controlo da Poluição Atmosférica para controlar as emissões de partículas e gases. Os tópicos desta sessão incluem:

  • Particulate Control
  • SOx Control
  • NOx Control
  • Acid Gas Control
  • Dioxin and Furan Control
  • Mercury Control
  • VOC Control

Sessão 03 - Tendências emergentes e inovações na pesquisa sobre poluição do ar

A poluição atmosférica continua a ser uma ameaça significativa tanto para a saúde pública como para o ambiente. A rápida industrialização, a urbanização e o aumento dos transportes intensificaram este problema, exigindo soluções inovadoras para mitigar os seus efeitos adversos. Durante esta sessão, aprofundaremos as tendências emergentes e exploraremos pesquisas pioneiras que abordam a poluição do ar em várias escalas, desde local até global.

Nesta sessão você explorará os mais recentes avanços e pesquisas de ponta no campo da poluição do ar. Esta sessão tem como objetivo reunir cientistas, investigadores, decisores políticos e especialistas da indústria para partilharem os seus conhecimentos, experiências e ideias para enfrentar um dos desafios ambientais globais mais prementes.

Sessão 04 - Inventários, Modelos e Processos de Emissões

Esta sessão é dedicada à aplicação de metodologias inovadoras de preparação e processamento de emissões para aplicações de modelação da qualidade do ar. Técnicas para melhorar as estimativas de incêndios florestais, poeiras e emissões biogénicas, e alocação temporal de fontes antropogénicas são de especial interesse para esta sessão. Os tópicos da sessão incluem:

  • Updates to inventories and emissions processing
  • Emissions from alternative fuel use (e.g., bio-fuels in the transportation sector)
  • Emissions from aviation activities
  • Projection of emissions to future-year scenarios
  • Inverse modeling

Sessão 05 - Odores Ambientais

A maior parte da pesquisa sobre dispersão atmosférica preocupa-se com o exame das concentrações médias durante um determinado período de tempo, normalmente minutos ou horas de duração. No entanto, muitos estudos demonstraram que o campo de concentração média por si só não é suficiente para estimar os perigos potenciais das emissões de poluentes na atmosfera, por exemplo no caso da inflamabilidade, dos maus odores e, muitas vezes, da toxicidade. O odor é uma questão cada vez mais sensível e as reclamações de odor incômodo são emitidas por estações de tratamento de águas residuais domésticas e industriais. Os problemas associados aos maus odores ocorrem com frequência e gravidade suficientes para justificar uma intervenção regulamentar. É, portanto, importante desenvolver, validar e utilizar abordagens adequadas de modelização de dispersão, a fim de investigar a dispersão de odores e fornecer às autoridades reguladoras informações relevantes.

  • Odour perception and odour impact
  • Odour regulation and policy
  • Odour formation and emission
  • Odour dispersion modelling

Sessão 06 - Qualidade do ar interior e suas implicações

A poluição do ar interior representa uma ameaça à saúde humana, causando milhões de mortes todos os anos. A pandemia de COVID-19 sublinhou o papel crítico da ventilação na mitigação da transmissão de doenças respiratórias e destacou a importância de melhorar a qualidade do ar interior. Em todo o mundo, cerca de 2,4 mil milhões de pessoas ainda cozinham utilizando combustíveis poluídos, como combustíveis sólidos e querosene. Todos os anos, 3,2 milhões de pessoas morrem prematuramente de doenças atribuíveis à poluição atmosférica doméstica causada pela combustão incompleta de combustíveis sólidos e querosene utilizados para cozinhar. Os tópicos da sessão incluem:

• Monitoramento da qualidade do ar interno
• Limpeza, ventilação e filtragem do ar
• COVID-19 e transmissão viral
• Resultados de saúde e avaliação de exposição
• Exposição microbiológica interna
• Conforto térmico
• Política, Regulamentação e Padrões de ar interno

Sessão 07 - Desenvolvimento e Aplicações de Aprendizado de Máquina e Modelos de Formulários Reduzidos

Normalmente, um número limitado de simulações específicas usando modelos de transporte químico (CTMs) ou modelos de pluma gaussiana são usados ​​para derivar relações entre emissões de fontes específicas e uma variável de resposta (concentração de poluentes, impacto na saúde, etc.) para locais específicos. Queremos discutir aqui os potenciais usos/aplicações de Machine Learning (ML) e modelos de forma reduzida (RFM) que são computacionalmente eficientes e permitem aos usuários avaliar rapidamente os impactos na qualidade do ar para um grande número de cenários de emissões, tornando-os especialmente úteis como triagem. ferramentas para avaliar cenários políticos.

Houve muitas implementações de ML e RFM na previsão da qualidade do ar nos últimos anos e esta sessão centra-se no desenvolvimento, avaliação e aplicação de ML e RFMs. Os tópicos incluem, mas não estão limitados a, o seguinte:

  • Desenvolvendo e avaliando ML e RFMs
  • Intercomparação de ML e RFMs
  • Aplicação global ou regional de BC e RFM na qualidade do ar, saúde humana, ecossistema ou outros impactos

Sessão 08 - Desenvolvimento de Modelo

O trabalho nos últimos anos melhorou enormemente a ciência da qualidade do ar e as metodologias para modelar e analisar a distribuição de poluentes atmosféricos em várias escalas temporais e espaciais. Tais avanços foram motivados pelos resultados da multiplicidade de aplicações e avaliações de modelos de qualidade do ar que abordaram diversas questões de pesquisa, desenvolvimento e modelagem regulatória. Buscamos resumos que ilustrem metodologias inovadoras e algoritmos de processos na modelagem da qualidade do ar. Os tópicos da sessão incluem:

  • Modelos adjuntos
  • Modelagem e aplicações em escala urbana e em escala fina
  • Novos mecanismos de reações químicas e processos para modelagem da qualidade do ar
  • Produção e decomposição de poluentes atmosféricos perigosos (HCHO, acetaldeído, acroleína, nitroPAHs)
  • Cinética de reação e mecanismos para química heterogênea que afetam compostos de gases e aerossóis, incluindo química em nuvem
  • Técnicas de assimilação de modelagem
  • Modelos de poeira

Sessão 09 - Modelagem para Apoiar Estudos de Exposição e Saúde e Aplicações em Escala Comunitária

O objetivo desta sessão é apresentar abordagens de modelagem para diversas aplicações, desde avaliações de exposição em apoio a estudos de saúde até avaliações de fontes próximas, como estudos próximos a estradas ou aplicações em escala comunitária. Uma variedade de modelos pode fornecer essas concentrações detalhadas, resolvidas espacialmente e temporalmente em apoio a estudos de saúde ambiental. Os modelos também proporcionam uma oportunidade para examinar como as mudanças nas emissões afectam a qualidade do ar próximo das estradas ou outros impactos próximos da fonte. Os governos locais e os grupos comunitários podem estar interessados ​​em cenários hipotéticos, como por exemplo, como optimizar os padrões de tráfego em torno de áreas altamente poluídas. Por exemplo, quando as escolas estão localizadas perto de estradas, os modelos podem ajudar a examinar os potenciais impactos na saúde das crianças ou a contribuição relativa da exposição relacionada com a escola em comparação com, ou combinada com, a exposição relacionada com o lar. Os tópicos desta sessão envolverão desenvolvimento, avaliação e aplicação de modelos com as seguintes áreas focais:

  • Modelagem da qualidade do ar para avaliações de exposição em apoio a estudos de saúde ambiental
  • Desenvolvimento de modelo de dispersão para aplicações com complexidades próximas à fonte
  • Avaliação e intercomparação de modelos para aplicações próximas a rodovias
  • Ferramentas de apoio à decisão para quantificar o risco de exposição humana
  • Aplicações de qualidade do ar focadas em exposições desiguais à poluição em diferentes comunidades

Sessão 10 - Aplicações e Avaliações de Modelos Multiescala

Tanto as observações como os estudos de modelização demonstraram o transporte intercontinental de poluentes a longo alcance. As alterações nos padrões de emissões em diferentes regiões do mundo são suscetíveis de exacerbar os impactos do transporte de poluentes a longa distância sobre os níveis de poluição de fundo noutra região, o que poderá então ter impacto na consecução dos padrões locais de qualidade do ar. Além disso, as preocupações crescentes com os impactos climáticos nas disciplinas ecossistémicas regionais e locais levaram à necessidade de utilizar resultados de modelos globais em sistemas de modelação regional com diferentes escalas temporais e espaciais. Nessas aplicações, abordagens de redução de escala têm sido utilizadas para ligar os dois sistemas de modelagem, com diferentes características físicas e dinâmicas, para preencher a lacuna entre os efeitos globais e locais. Esta sessão busca artigos que discutam questões-chave relacionadas ao acoplamento consistente de processos físicos e químicos atmosféricos em escalas locais a globais e aplicações de modelagem relacionadas. Os tópicos de interesse nesta sessão incluem:

Modelos de transporte químico hemisférico
Aplicações de modelagem climática e de qualidade do ar em várias escalas
Modelagem e Feedback do Sistema Terrestre
Downscaling dinâmico e estatístico
Avaliação do modelo e intercomparação

Além disso, a avaliação de sistemas de modelagem da qualidade do ar (incluindo modelos meteorológicos e de emissões) é fundamental para verificar a integridade de tais sistemas de modelagem para diversas aplicações em diversas resoluções espaciais e temporais. São convidados resumos que apresentem resultados de estudos de avaliação de modelos, com ênfase em novas técnicas para avaliação de modelos. Os tópicos da sessão incluem:

  • Ferramentas de diagnóstico
  • Análises e comparações com dados de redes de medição
  • Avaliação de processos, incluindo avaliação dinâmica
  • Sensibilidade dos modelos de qualidade do ar aos dados meteorológicos

Sessão 11 - Material particulado e seus efeitos na saúde humana e no meio ambiente

O material particulado (PM) desempenha um papel importante na química e na física da atmosfera, bem como no clima e na saúde pública. O material particulado atmosférico afeta a biogeoquímica dos ecossistemas, o ciclo hidrológico, a circulação atmosférica, a acidificação das chuvas e também a formação de nuvens.
Além disso, a exposição a aerossóis pode acarretar doenças tanto respiratórias quanto cardiovasculares, além disso, também apresenta efeitos genotóxicos. Esses efeitos dependem de fatores como tamanho, concentração, estrutura e composição química das partículas. Os tópicos da sessão incluem:

  • Efeitos do PM no forçamento radiativo
  • Monitoramento e modelagem de Carbono Negro
  • Qualidade do ar e saúde respiratória
  • Medição de espécies potencialmente tóxicas ligadas a PM
  • Potencial oxidativo do PM
  • Citotoxicidade de PM
  • Bioensaios

Sessão 12 - Quadros políticos e regulamentares para o controlo da poluição atmosférica

A poluição do ar representa desafios significativos para a saúde pública, o meio ambiente e a qualidade de vida em geral. Para responder a estas preocupações, os governos de todo o mundo desenvolveram quadros políticos e regulamentares destinados a controlar e reduzir a poluição atmosférica. Estes quadros são essenciais para orientar ações destinadas a mitigar os efeitos adversos da poluição atmosférica e garantir um ar mais limpo e saudável para as gerações presentes e futuras. Alguns componentes são fundamentais para controlar a poluição atmosférica: padrões de emissões, monitorização e recolha de dados, padrões de qualidade do ar, tecnologia e inovação, sensibilização pública e, finalmente, Equidade e Justiça Ambiental.
Nos últimos anos, tem havido um reconhecimento crescente da necessidade urgente de combater a poluição atmosférica e as consequências sanitárias e ambientais que lhe estão associadas. Consequentemente, muitos países estão a reforçar os seus quadros políticos e regulamentares para conseguir um ar mais limpo e saudável para os seus cidadãos.

A eficácia destes quadros depende, em última análise, da sua aplicação, do apoio público e do compromisso dos governos e das indústrias em dar prioridade à qualidade do ar. Ao implementar políticas abrangentes e inovadoras, as sociedades podem reduzir o impacto da poluição atmosférica e criar um futuro mais sustentável e saudável.

Sessão 13 - Sensoriamento Remoto/Tecnologia de Sensores e Estudos de Medições

Os artigos desta sessão são dedicados à análise de dados de plataformas observacionais convencionais e de sensoriamento remoto. Em particular, são convidadas apresentações sobre a integração de dados recolhidos de diferentes plataformas e sobre a utilização de novos produtos de dados de satélite na modelação da qualidade do ar. Os tópicos da sessão incluem:

Produtos de processamento de satélite e seu uso
Monitoramento da poluição do ar e da meteorologia
Estudos de medição de campo
Experimentos em câmaras de poluição atmosférica de laboratório
Detecção e amostragem de aerossol

Além disso, novas tecnologias de sensores, devido às suas características (por exemplo, baixo custo, pequeno tamanho, alta portabilidade), estão se tornando cada vez mais importantes para a avaliação da exposição individual, especialmente porque este tipo de instrumento pode fornecer medições em alta resolução espacial e temporal, o que é uma vantagem notável quando se aborda a avaliação da exposição a contaminantes ambientais.

Esta sessão fornecerá informações sobre os avanços no desenvolvimento e uso da tecnologia de sensores para estudos de qualidade do ar e saúde.
Os tópicos incluem, mas não estão limitados a, o seguinte:

  • Novas tecnologias de sensores de ar para monitorar a qualidade do ar e as condições de saúde
  • Avaliação e validação do desempenho do sensor
  • Aplicação de rede de sensores em estudos de qualidade do ar, exposição e saúde

Sessão 14 - Processos e Métodos Climáticos Urbanos

  • Processos de camada limite e camada de dossel urbano
    • Processos urbanos superficiais e subterrâneos
    • Efeitos da camada limite
  • Qualidade do ar urbano
    • Dispersão de poluentes na camada de dossel urbano
    • Emissões e absorções urbanas de gases com efeito de estufa nas cidades
  • Condições climáticas extremas e desastres no ambiente urbano
    • Previsão e avaliação de impacto de eventos climáticos extremos nas cidades
    • Influência das cidades nas precipitações e trovoadas
  • Modelagem
    • Estudos numéricos multiescala de ambientes urbanos
    • Cidades em modelos climáticos em escala global e regional
    • Parametrizações e modelos de dossel urbano
    • Aplicações em Zonas Climáticas Locais
  • Observações
    • Novas técnicas observacionais para estudar o clima urbano
    • Campanhas de campo, desenvolvimento de sensores e redes
    • Sensoriamento remoto urbano
    • Experimentos ao ar livre em túnel de vento e maquete em escala

Sessão 15 - Modelagem da Qualidade do Ar em Escala de Rua

Os modelos regionais de qualidade do ar não conseguem calcular a concentração de poluentes à escala das ruas. A modelagem da qualidade do ar nas ruas requer a simulação de concentrações de poluentes dentro dos cânions urbanos. Os cânions urbanos são compartimentos formados pela rua e seus edifícios ladeados. Espera-se que apresentem altas concentrações de poluentes pela sua proximidade com as emissões veiculares e por ser um espaço com dispersão reduzida. Atualmente, existem muitos modelos de qualidade do ar em escala urbana, com diferentes suposições e formulações, que descrevem a dinâmica e a química dentro dos cânions urbanos. Esses modelos geralmente requerem informações sobre emissões no nível da rua e morfologia urbana. A representação da concentração de poluentes em escala de rua é essencial para estimar a exposição de pedestres a poluentes, desenvolver políticas de planejamento urbano e estudar diferentes cenários de emissões de combustíveis veiculares.

Os tópicos desta sessão incluem:

  • O Modelo de Rede Urbana de Cânions e Rodovias que se Cruzam (MUNIQUE)
  • O modelo Street-in-Grid (SinG)

SUBMISSÃO DE RESUMOS

A Air Pollution Conference Brazil e 5th CMAS South America é destinada a pesquisadores e profissionais da indústria, dos setores público e acadêmico de todo o mundo e a todos que desejam participar de soluções de engenharia para manter e melhorar a qualidade de vida das populações que vivem em áreas urbanas e rurais em relação aos incômodos causados pela poluição do ar e ao impacto na saúde. Participe da conferência para discutir questões globais atuais em um contexto do mundo real

CLIQUE AQUI

GARANTA A SUA VAGA

VAGAS PARA PROFISSIONAIS

VAGAS PARA ESTUDANTES

Comissão Científica

  • Maria de Fátima Andrade (USP) (Chair)
  • Jane Meri Santos (UFES) (Co-Chair)
  • Taciana Toledo de A. Albuquerque (UFMG) (Co-Chair)
  • Sarav Arunachalam (UNC)
  • Yang Zhang (Northeastern University)
  • Prashant Kumar (U.SURREY)
  • Paulo Artaxo (USP)
  • Edmilson Dias Freitas (USP)
  • Rita Y. Ynoue (USP)
  • Lucia Andrade (USP)
  • Pedro Jose Perez Martinez (UNICAMP)
  • Neyval Costa Reis Junior (UFES)
  • Jorge Alberto Martins (UFTPR)
  • Leila Droprinchinski Martins (UFTPR)
  • Leonardo Hoinaski  (UFSC)
  • Judith Hoelzemann (UFRN)
  • Helber Gomes de Barros (UFAL)
  • Pérola de Castro Vasconcellos (USP)
  • Rafael Sartim (UFES / ArcelorMittal)

Comissão Organizadora

  • Maria de Fátima Andrade (USP) (Chair)
  • Taciana Toledo de A. Albuquerque (UFMG) (Co-Chair)
  • Jane Meri Santos (UFES) (Co-Chair)
  • Sarav Arunachalam (UNC)
  • Yang Zhang (Northeastern University)
  • Edmilson Dias Freitas (USP)
  • Regina Maura de Miranda (USP)
  • Mario Eduardo Gavidia Calderón (USP)
  • Thiago Nogueira (USP)
  • Eduardo Landulfo (IPEN)
  • Janaina Antonino (UNICAMP)
  • Rizzieri Pedruzzi (UERJ)
  • Guilherme Martins Pereira (USP)
  • Rafaela Squizzato (USP)
  • João Ernani (SEADFLIX)

CONFERÊNCIA  AGENDA

!!!! EM CONSTRUÇÃO !!!!

Programa Preliminar

JUNHO 2024, São Paulo, Brazil

LOCALIZAÇÃO E INFORMAÇÕES

Conferência da Poluição do Ar Brasil e 5Th CMAS América do Sul 2024

Será realizado na Universidade de São Paulo – USP. Está localizado no Butantã, São Paulo, Brasil.

Contact Info

Telefone :+55 31 99684-9822

Address: Center for International Diffusion (CDI), University of São Paulo (USP). Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 310 – Butantã, São Paulo – SP, 05508-020, Brazil.

 

GALERIA DE FOTOS

Confira os Eventos Anteriores

Board

🇧🇷

Maria de Fatima Andrade

Professor at University of São Paulo

🇧🇷

Taciana Albuquerque

Professor at  the Federal University of Minas Gerais

🇧🇷

Jane Meri Santos

Professor at Federal University of Espírito Santo

🇧🇷

Edmilson Freitas

Professor at University of São Paulo

🇧🇷

Regina Miranda

Professor at University of São Paulo

🇺🇸

Yang Zhang

 Professor at Northeastern University

🇺🇸

 Sarav Arunachalam

Professor at University of North Carolina

Speakers

These featured sessions cover a diverse range of Air Pollution and Atmospheric Science as well as overarching societal topics.

🇺🇸

Michelle L. Bell

Professor at Yale School Of Environment

🇧🇷

Paulo Artaxo

Professor at the University of São Paulo

  🇨🇱

Laura Gallardo Klenner

Professor at University of Chile

🇧🇷

Paulo Saldiva

Professor at University of São Paulo

🇺🇸

Yang Zhang

 Professor at Northeastern University

🇺🇸

 Sarav Arunachalam

Professor at University of North Carolina

🇨🇳

Shuxiao Wang

Professor at Tsinghua University, China.

🇺🇸

William Vizuete

Professor at University of North Carolina

🇺🇸

Daniel H. Loughlin

Physical Scientist in EPA’s National Risk Management Research Laboratory

🇺🇸

Christine Wiedinmyer

 Associate Director for Science at CIRES /NOAA

🇨🇳

Sunling Gong

Chinese Academy of Meteorological Sciences

🇪🇺

Prashant Kumar

Professor at University of Surrey

🇦🇷

Laura Davidowski

Professor at National San Martín University

🇺🇸

Bok H. Baek

Professor at George Manson University

🇲🇽

Graciela Raga

Professor at Universidad Nacional Autónoma de México

🇨🇴

Néstor Rojas

Professor at National University of Colombia

🇨🇴

Boris Galvis

Professor at University of La Salle

🇫🇷

Karine Sartelet

Professor at École des Ponts ParisTech

🇺🇸

Sergio Ibarra

Research at Global Monitoring Division (NOAA)

🇧🇷

Neyval Reis

Professor at the Federal University of Espírito Santo

🇧🇷

Adalgiza Fornaro 

Professor at University of São Paulo

🇧🇷

Eduardo Landulfo

Professor at Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN)

🇧🇷

Rita Y. Ynoue 

Professor at University of São Paulo

🇧🇷

Lucia Andrade

Professor at University of São Paulo

🇧🇷

Pedro Martinez

Professor at University UNICAMP

🇧🇷

Jorge Alberto Martins

Professor at University UFTPR

🇧🇷

Leila Droprinchinski Martins

Professor at University UFTPR

🇧🇷

Leonardo Hoinaski 

Professor at University of Santa Catarina

🇧🇷

 Judith Hoelzemann

Professor at Federal University of Rio Grande do Norte

🇧🇷

Helber Barros Gomes

Professor at Federal University of Alagoas

🇧🇷

Pérola de Castro Vasconcellos

Professor at University of São Paulo

🇧🇷

 Thiago Nogueira 

Professor at University of São Paulo

🇧🇷

Rizzieri Pedruzzi

Professor at UERJ

🇧🇷

Janaina Antonino

Professor at UNICAMP

🇧🇷

Regina Maura de Miranda

Professor at University of São Paulo

UNIVERSIDADES ORGANIZADORAS

 PATROCINADORES & SUPORTE